DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO
DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO

Bandidos invadem usina e roubam 400 mil litros de etanol

Eles chegaram em oito caminhões, renderam 12 funcionários e fugiram com carga de quase R$ 1 milhão

Rene Moreira, Especial para O Estado

31 Dezembro 2017 | 17h07

Mais de dez homens armados invadiram uma usina de cana em Patrocínio Paulista, no interior, renderam 12 funcionários e fugiram levando oito caminhões carregados com etanol na madrugada deste domingo, 31. Isso após ficarem no local por mais de cinco horas enchendo os tanques e levarem também um carro da usina.

O roubo começou ainda na noite de sábado, 30, e segundo as vítimas, pode chegar a 20 o número de assaltantes. Os primeiros chegaram a pé e renderam os vigias que estavam na guarita da usina, a Cevasa, pouco depois das 22h. A partir daí, mais homens apareceram no local com rosto encoberto e abriram os portões para a entrada de oito caminhões, alguns com mais de um tanque.

Do local teriam sido roubados cerca de 400 mil litros de etanol, avaliados em quase R$ 1 milhão, além de um revólver e o colete de um vigia. Um carro levado do local foi localizado horas depois abandonado no município de Restinga, também no interior, ao lado da rodovia Cândido Portinari (SP-334). 

Câmeras de segurança da usina foram danificadas pelos criminosos, mas teriam ficado algumas imagens do início da ação. Os funcionários ficaram amarrados durante o assalto e mantidos reféns em uma sala. O crime acabou descoberto somente na troca de turno da empresa e será objeto de investigação por parte da Polícia Civil.

Produção 

A Cevasa encerrou a safra 2017/2018 há duas semanas, totalizando o recorde de 2.350.516 toneladas de cana-de-açúcar processadas na usina. Foram produzidos mais de 81 mil metros cúbicos de etanol. 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.