Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

São Paulo

São Paulo » Bandidos explodem caixas eletrônicos e deixam dinamite no prédio da Cetesb

São Paulo

Reprodução/Google Street View

Bandidos explodem caixas eletrônicos e deixam dinamite no prédio da Cetesb

Grupo de ao menos cinco pessoas fugiu com dinheiro em um carro sedã escuro, pela Marginal do Pinheiros

0

Bibiana Borba e Renata Okumura ,
O Estado de S.Paulo

20 Abril 2017 | 08h04
Atualizado 20 Abril 2017 | 13h30

SÃO PAULO - Um grupo de ao menos seis pessoas explodiu caixas eletrônicos do Banco do Brasil que ficam dentro do prédio da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), no bairro de Alto de Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, no início da manhã desta quinta-feira, 20. Ao inspecionar o local, policiais militares verificaram que os bandidos deixaram uma banana de dinamite intacta próxima a um dos caixas. Ninguém ficou ferido.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar (PM) foi acionado, por volta das 7h30, para desativar o explosivo. O edifício, que é sede da Secretaria do Meio Ambiente do Estado, fica na Avenida Professor Frederico Hermann, próximo à Marginal do Pinheiros. A área foi isolada e o artefato, recolhido no início da tarde desta quinta, será detonado em outra região.

Conforme relatos recebidos pela PM, a quadrilha chegou ao local por volta das 5 horas, em um veículo sedã escuro. Os criminosos conseguiram fugir pela Marginal do Pinheiros, no mesmo carro, levando uma quantia em dinheiro não revelada até o momento.

Mande sua notícia. Quais problemas você enfrenta no trânsito e no caminho para o trabalho? O metrô parou? Viu uma manifestação na cidade? Presenciou um acidente ou algo inusitado? Fotografou ou filmou um fato e quer compartilhar? Os usuários de WhatsApp podem agora usar o aplicativo para colaborar com o Estado. Envie vídeos, fotos ou apenas o seu relato ou ideia de pauta pelo número (11) 9-7069-8639. Suas sugestões serão apuradas por um repórter e podem ajudar as pessoas. Participe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.