Atenção para o calendário

No dia 8/4, quando fui ao Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV) para retirar meu Cartão do Idoso, fui muito bem atendida. Entretanto, isso não se repetiu no dia seguinte, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. José Serra Ribeiro, na Rua Turiaçu. Na UBS percebi que a excelente campanha da Secretaria da Saúde contra o vírus H1N1 pode "morrer na praia", pois idosos portadores de doenças crônicas não puderam se vacinar. Um idoso de muletas foi orientado a retornar à UBS somente para tomar a vacina da gripe sazonal. Ao procurar a chefe do posto, ela disse em alto e bom som: "Aborrecimentos sempre ocorrem na hora da minha saída!" Como pode a chefe da UBS agir dessa maneira e ainda não respeitar o calendário da Secretaria da Saúde em plena campanha de vacinação?

, O Estado de S.Paulo

15 Abril 2010 | 00h00

CELINA DIAS GRECCO / SÃO PAULO

A Coordenadoria Regional de Saúde Centro Oeste esclarece que, de acordo com orientação do Ministério da Saúde, os postos de vacinação contra a Influenza A (H1N1) realizarão, entre os dias 5/4 e 23/4, a vacinação em grávidas, doentes crônicos (exceto idosos), crianças de 6 meses a menores de 2 anos e jovens entre 20 e 29 anos. De acordo com o calendário determinado também pelo Ministério da Saúde, os idosos com doenças crônicas serão vacinados entre os dias 24/4 e 7/5, aproveitando o calendário da campanha anual de vacinação contra a gripe comum. Em relação à denúncia sobre o atendimento prestado na UBS, a Coordenadoria diz que preza pela excelência na qualidade do atendimento ao munícipe e reorientará os profissionais da referida unidade para que sigam essa premissa.

SAÚDE PÚBLICA

Atendimento "exemplar"

No dia 15/3, minha filha e eu fomos mal atendidas por um médico no Pronto-Socorro do Hospital Geral de Pedreira, dirigido pela Congregação Santa Catarina. Ela estava com dores abdominais e seria necessário um exame de urina. O médico não a examinou e a encaminhou para uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Para que serve um pronto-socorro? Para procurar uma UBS não é preciso ir ao hospital. Outros pacientes também reclamavam. A entidade que dirige o hospital está numa campanha vil para reduzir o número de pacientes e não investe em melhorias. O ambulatório de especialidades encaminha os pacientes às UBS da Prefeitura. Por que o Estado não atende diretamente os pacientes que ficam na dependência dessa entidade particular?

ELLEN VALEZI / SÃO PAULO

A Secretaria Estadual da Saúde não respondeu.

A leitora diz: Infelizmente, ninguém me respondeu.

SABESP

Promessa de melhoria

Moro na Avenida São Francisco de Assis, no Jardim Santa Helena, em Bragança Paulista. Desde o início do ano entro em contato com a Ouvidoria da Sabesp, sem que meu problema seja resolvido. Uma vez por semana não tenho água ou ela vem com pouca pressão. Quando retorna, o que recebo é uma grande quantidade de ar. Como até agora ninguém conseguiu resolver o problema, gostaria de, ao menos, uma explicação. Pago minhas contas corretamente e estou cansada de ser tratada como um "esgoto" pela Sabesp.

ANA COUTINHO / BRAGANÇA PAULISTA

O superintendente da Unidade de Negócio Norte da Sabesp, José Júlio Pereira Fernandes, esclarece que a área citada é abastecida por meio de bomba de recalque de água. Diz que a Sabesp efetua estudo para redimensionamento dessa estação de bombeamento, devendo ocorrer a substituição de painel e bomba. O prazo previsto para a execução dos serviços é de 90 dias.

PASSEIO FRUSTRADO

Bagagem extraviada

Há cerca de 5 meses, utilizei os serviços do Buquebus - balsa que faz o trajeto entre o Uruguai e a Argentina. Minhas malas foram extraviadas e passei os últimos 4 dias em Buenos Aires pedindo informações. A única resposta era: "Não sei de nada, não é meu departamento." Afirmaram ainda que tinham depositado uma quantia em minha conta, que nunca recebi. E não responderam mais meus e-mails assim que perceberam que eu tinha voltado ao Brasil.

JOÃO VASCONCELLOS / SÃO PAULO

O Buquebus não respondeu.

O leitor comenta: A empresa me mandou dois e-mails dizendo que teria depositado valores na minha conta, que nunca apareceram. Depois que eu fiz uma segunda reclamação, ela não respondeu mais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.