Assessor tinha senha exclusiva

O assessor José Luiz dos Santos, o Zé Careca, tinha uma senha pessoal para operar o painel que registra presença de parlamentares e votações na Câmara Municipal. A informação foi confirmada ontem pela Presidência da Casa.

O Estado de S.Paulo

03 Julho 2012 | 03h04

"Como operador-mestre do sistema, o assessor José Luis dos Santos tinha uma senha própria", informou a assessoria de imprensa de José Police Neto.

Ontem, a reportagem tentou - pelo quarto dia consecutivo - entrevistar o assessor no Palácio Anchieta. Mas, segundo funcionários da Casa, ele saiu de férias na sexta-feira.

A reportagem apurou que ele não vai voltar a trabalhar como operador do painel eletrônico na volta do recesso, em agosto. Se investigação aberta pela Presidência comprovar que o assessor marcava presença em nome de vereadores, ele poderá ser afastado do cargo. / A.F. e D.Z.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.