Arruda adere à moda Fidel

Ainda abalada com a publicidade negativa para a marca nas últimas aparições públicas de Fidel Castro, a Nike sofreu mais um duro golpe em sua imagem cultuada pelos jovens em todo mundo: o ex-governador José Roberto Arruda deixou a cadeia posando para as primeiras-páginas dos grandes jornais vestido numa camisa branca que estampava no peito o inconfundível símbolo do maior fabricante de material esportivo do mundo.

, O Estado de S.Paulo

14 Abril 2010 | 00h00

A suspeita de que a alemã Adidas estaria por trás do marketing negativo, fornecendo material da concorrente a personalidades de reputação duvidosa em evidência no noticiário, voltou a ser assunto recorrente nas reuniões de diretoria na sede da empresa americana, no Oregon.

A paranoia é tamanha que já se especula, inclusive, sobre outros nomes que poderiam dar seguimento à campanha subliminar de difamação da logomarca na imprensa.

Encabeçam a lista de anti-garotos-propaganda em potencial o papa Bento XVI e o presidente Ahmadinejad, à frente de um time que a Nike estaria escalando para propor um novo tipo de patrocínio: quer pagar para que uns e outros não usem seus produtos. Dobram a oferta se toparem vestir Adidas!

Nada a ver!

Não está nos planos da prefeitura

do Rio, pelo menos não por enquanto, a remoção do Cristo Redentor da área de risco do Corcovado. E não se fala mais nisso, OK?

Concorrência braba

O cacique Raoni mandou e-mail ao cantor Sting: "Dá um jeito de aparecer por aqui ou o cineasta James Cameron vai roubar seu papel de artista estrangeiro mais popular entre os índios brasileiros."

Apenas bons amigos

Elizabeth Taylor desmentiu no Twitter boatos de que teria planos de se casar com seu agente Jason Winters. Isso quer dizer o seguinte: aos 78 anos, a atriz continua fiel a Michael Jackson.

Nós somos uns...

Da série "Você não nasceu pra ganhar dinheiro - relaxa, vai!", a ex-BBB Lia está cobrando até R$ 10 mil para participar de eventos.

Boa garota

Ex-namorada de Rick Martin, a apresentadora de TV Rebecca de Alba está convencida de que o cantor não sabia que era gay quando se relacionavam. Não deveria ser ela, decerto, a lhe dar a notícia.

Overdose de vaidade

Internada de novo por causa de complicações nos seios de silicone, Amy Winehouse já começa a deixar os enfermeiros com saudades do tempo em que ela já chegava apagada ao hospital.

Bode expiatório

A torcida do São Paulo tem todo direito de estar na bronca com o Rogério Ceni, mas daí a responsabilizar o goleiro pelo veto da Fifa ao Morumbi para receber a abertura da Copa de 2014 - peralá! -, aí também já é perseguição.

Que papo é esse?

Se é para escolher entre o exílio e a luta armada, o eleitor vai acabar votando nulo para presidente!

estadão.com.br

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal,

de terça a sábado neste caderno e aos domingos no Aliás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.