MARIO ÂNGELO|SIGMAPRESS
MARIO ÂNGELO|SIGMAPRESS

Deslizamento deixa quatro mortos e interdita 37 imóveis na Grande SP

Para a Defesa Civil da cidade, o acidente está relacionado à construção irregular de uma outra casa no terreno onde houve a tragédia

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

27 Dezembro 2015 | 19h00

Atualizada às 22h59

A Defesa Civil interditou 37 imóveis na região onde um deslizamento destruiu três casas e atingiu oito pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros, em Itapecerica da Serra por causa do risco de novos acidentes. No acidente, quatro pessoas morreram. O corpo de uma mulher de 20 anos, que estava desaparecida sob os escombros, foi encontrado na noite deste domingo, 27.

O deslizamento ocorreu no começo da noite de sábado, 26, na Rua Nhá Jorda, no Jardim Mirante, próxima ao centro da cidade. Durante a madrugada, os agentes retiraram três corpos e resgataram outras três pessoas, sendo uma delas uma bebê de um ano e oito meses. Uma pessoa foi socorrida por moradores, segundo a corporação.

"É uma operação delicada. Os escombros estão sendo retirados com pás, marretas e com as mãos. Não podemos usar máquinas porque não sabemos onde a vítima está", informou o coronel dos bombeiros Roberto Lago, comandante do 18º Batalhão da corporação, responsável por Itapecerica, antes de encontrar a última vítima fatal. Dois cães treinados para procurar vítimas com vida se alternavam à escavação.

Para a Defesa Civil da cidade, o acidente está relacionado à construção irregular de uma outra casa no terreno onde houve a tragédia. 

Mais conteúdo sobre:
Deslizamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.