1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Alckmin espera que greve dos agentes penitenciários chegue ao fim

Ricardo Brandt - O Estado de S. Paulo

20 Março 2014 | 15h 53

'Espero que o bom senso prevaleça e a gente resolva rapidamente', disse o governador

CAMPINAS - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que espera que o bom senso prevaleça ao tratar da greve dos agentes penitenciários no Estado. "Há uma decisão da Justiça que diz R$ 100 mil de multa por dia por unidade penitenciária se não garantir a transferência de presos para internar no sistema ou a visita e atendimento aos presos. Então é decisão judicial. Espero que o bom senso prevaleça e a gente resolva rapidamente", afirmou Alckmin.

Ao ser questionado sobre um possível prolongamento do movimento, que entrou hoje no 11º dia, ele deu como certo o início de transferência de presos no Estado. "Os presos já começam hoje já a ser transferidos."

O governador ainda afirmou que está havendo diálogo com os grevistas. "A greve, nós esperamos que acabe o mais rápido possível. Porque primeiro que você só faz greve quando não tem diálogo. Das quatro propostas deles, três já foram atendidas."