1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Alckmin diz que acidente em monotrilho não vai atrasar obras

Rene Moreira - Especial para O Estado

10 Junho 2014 | 16h 24

Em Barretos, governador de São Paulo falou que cobrará uma 'apuração rigorosa' sobre a morte do trabalhador

BARRETOS - Em visita a Barretos, no interior de São Paulo, na tarde desta terça-feira, 10, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que o acidente que ocorreu na obra do monotrilho da Linha 17-Ouro não deve atrasar o andamento da obra. Ele garantiu ainda que cobrará uma "apuração rigorosa" com relação à queda da viga que matou um trabalhador e feriu outros dois nesta segunda.

De acordo com o governador, já está em andamento um processo de sindicância por parte do consórcio que é o responsável pela obra e sua segurança. "Já foi instaurada apuração rigorosa para verificar a razão do acidente", afirmou. Ele falou ainda que o Estado está prestando toda a assistência à família do operário morto e dos feridos.

Caso. A queda de uma viga da obra do monotrilho da Linha 17-Ouro do Metrô deixou um operário morto e outros dois feridos, no fim da tarde desta segunda-feira, 9. O acidente aconteceu na frente do estacionamento do Aeroporto de Congonhas.

RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS
Viga de monotrilho despenca

O operário Juraci Cunha da Silva, de 25 anos, trabalhava na colocação de uma viga que serviria de trilho, a uma altura de 25 metros. A estrutura, que pesa 90 toneladas, se desprendeu primeiro de uma das vigas, ficando na posição perpendicular, e, depois, se soltou completamente. Ao cair, arrastou Silva para baixo, prensando-o contra o material. O trabalhador morreu no local. 

Ficaram feridos outros dois operários, Carlos Vieira de Sousa e Manuel Cristiano da Silva. Os dois também estavam em cima da viga na hora do acidente e, de acordo com os bombeiros, passam bem.

Inauguração. Alckmin foi a Barretos nesta tarde para a inauguração do Poupatempo, que ficará localizado no North Shopping. Ele foi recebido pelo prefeito local Guilherme Ávila, vereadores e autoridades da região.

  • Tags: