Agente de viagem some com dinheiro de pacote para o réveillon

50 turistas que iam de Mirassol (SP) para Balneário Camboriú (SC) caíram no golpe; cada um pagou R$ 880

CHICO SIQUEIRA , ESPECIAL PARA O ESTADO , ARAÇATUBA, O Estado de S.Paulo

28 Dezembro 2011 | 03h04

Virou pesadelo o sonho de passar a virada de ano na praia para um grupo de 50 turistas de Mirassol, no interior do Estado. Eles compraram pacotes para passar o réveillon em Balneário Camboriú (SC), mas na hora do embarque, o ônibus que os levaria não apareceu. O agente que vendeu os pacotes de viagem sumiu da cidade, embolsando o dinheiro - cada pacote saiu por R$ 880.

O embarque estava previsto para anteontem, mas depois de esperar no lugar marcado por cinco horas e ligar para o agente por diversas vezes, o grupo decidiu denunciar o caso na Delegacia de Mirassol, onde foi registrado um boletim de ocorrência e o caso será investigado como estelionato.

O golpe foi praticado pelo agente Rubens da Silva Júnior, bastante conhecido na cidade. Algumas famílias, com filhos, perderam mais de R$ 4 mil. O pacote, de seis dias, incluía, além do traslado, acomodação, café da manhã e passeios.

A família de Patrícia Pacola Alves foi uma das vítimas. "O grupo era formado por amigos que tinham o sonho de passar, todos juntos, as festas de réveillon na praia. Eles economizaram por 10 meses."

Outra vítima foi Ana Maria Nonato Pinheiro, que levaria dois filhos e a família inteira do namorado da filha. Era a primeira vez que o grupo contratava os serviços do agente.

Onze pessoas do grupo não desistiram de passar o ano-novo na praia. Eles alugaram uma van e foram para Caraguatatuba, no litoral paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.