Agência de viagem suspeita de dar golpe em clientes é investigada pela Promotoria

O Ministério Público Estadual instaurou inquérito para apurar prática abusiva na venda de pacotes de viagens pela agência Trip&Fun, suspeita de aplicar golpes em centenas de clientes. No início deste mês, um grupo formado por pelo menos 120 estudantes não conseguiu embarcar para o México. A viagem de formatura foi cancelada sem explicação.

O Estado de S.Paulo

14 Julho 2012 | 03h04

Outras situações semelhantes chegaram ao conhecimento do promotor Gilberto Nonaka, que deu prazo de 15 dias para a empresa apresentar defesa. O promotor da área de Defesa do Consumidor também solicitou informações ao Procon, a fim de identificar falhas no atendimento das demais operadoras de turismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.