Advogado atropela suspeito de assaltá-lo em cruzamento dos Jardins

Segundo a polícia, o homem ferido na noite de quarta, 12, usava uma arma de brinquedo, estava sem identidade e alega ter menos de 18 anos

O Estado de S. Paulo,

13 Junho 2013 | 10h54

SÃO PAULO - Um advogado atropelou um suspeito de tê-lo assaltado no cruzamento da Alameda Jaú com a Rua Haddock Lobo, nos Jardins, zona oeste da cidade. A ocorrência foi registrada pela PM às 21h30 dessa quarta-feira, 12. Segundo informações do 78º DP (Jardins), onde o caso é investigado, o homem atropelado usava uma arma de brinquedo, estava sem identidade e alega ter menos de 18 anos.

O advogado afirma que estava com sua namorada quando foi abordado no semáforo pelo suspeito, que pediu o celular e o relógio, avaliados em R$ 15 mil. O casal ia a um restaurante para celebrar o Dia dos Namorados. Em seu depoimento, o advogado afirmou que agiu por impulso. Ele pode ser indiciado por lesão corporal, caso a polícia demonstre que ele agiu para machucar o suposto ladrão. Os objetos levados foram recuperados.

O acusado ferido foi levado ao Hospital das Clínicas, que não deu informações sobre seu estado de saúde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.