Adolescente joga recém-nascido pela janela de apartamento

Criança morreu após ser jogada do terceiro andar de prédio na zona leste de São Paulo

Juliane Freitas e Priscila Trindade, do estadão.com.br,

28 Dezembro 2011 | 16h15

SÃO PAULO - Uma adolescente de 17 anos é acusada de jogar o filho recém-nascido pela janela do apartamento na madrugada desta quarta-feira, 28, em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), a jovem estava no sétimo mês de gestação e entrou em trabalho de parto em seu quarto, por volta da 0h30. Em seguida, ela jogou o bebê pela janela do banheiro, localizado no terceiro andar do prédio. Uma moradora do edifício encontrou a criança morta na lavanderia de seu apartamento, no andar térreo.

A jovem foi encaminhada a um hospital municipal, onde permanece internada. Ela disse à polícia que o bebê já estava morto foi jogado pela janela. Sua mãe prestou depoimento e disse que não sabia da gravidez da filha.

O caso foi registrado como ato infracional, aborto e homicídio qualificado.

Mais conteúdo sobre:
recém-nascido bebê São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.