Acidentes deixam mortos e feridos na Aricanduva

Avenida Aricanduva segue parcialmente bloqueada após acidentes

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

02 Junho 2009 | 05h39

Dois graves acidentes, entre a 0h15 e 2h45 desta terça-feira, 2, deixaram um saldo de dois mortos e pelo menos dois feridos na Avenida Aricanduva, que segue parcialmente bloqueada, na zona leste de São Paulo.

 

O motorista de um Corsa preto teve uma das pernas amputada, no início da madrugada, ao perder o controle do carro, invadir a calçada e atingir violentamente uma mureta e a fachada de uma loja de carros na altura do nº 5.500 da pista sentido bairro-centro, no Jardim Aricanduva.

 

Felipe Wendel Leal Cavalcante, de 20 anos, morreu no local, após ser arremessado para fora do veículo, que rodopiou após o impacto. Uma das pernas do rapaz ficou presa nas ferragens. Parentes de Felipe ficaram revoltados com a presença de uma equipe de TV e ameaçaram agredir o cinegrafista.

 

Por volta das 2h45, na pista sentido centro-bairro, a cerca de 1.500 metros do local do primeiro acidente, um caminhão e um veículo de passeio se envolveram numa colisão. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o acidente ocorreu junto à Avenida Itaquera.

 

Segundo os bombeiros, três pessoas ficaram presas nas ferragens, entre elas o motorista do caminhão, que tombou. Segundo policiais do 66º Distrito, do Vale do Aricanduva, onde os dois acidentes estão sendo registrados, uma das vítimas do segundo acidente também morreu.

Mais conteúdo sobre:
Aricanduva acidentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.