1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Acidente com ônibus de turismo mata 10 pessoas e deixa 33 feridos no interior

Gerson Monteiro, Especial para o Estado, TAUBATÉ

16 Novembro 2011 | 03h 02

Veículo levava 42 romeiros, além do motorista, de Santo Antonio do Descoberto, em Goiás, até Aparecida; segundo testemunhas, chovia muito na hora do desastre

Dez pessoas morreram ontem em um acidente com um ônibus de turismo na descida da Serra da Mantiqueira, em Pindamonhangaba, interior de São Paulo. O ônibus da empresa Jovem Turismo, de Brasília, levava 42 romeiros, além do motorista, e tombou no km 30 da Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123). Trinta e três pessoas ficaram feridas - oito permaneciam em estado grave na noite de ontem.

O ônibus levava romeiros de Santo Antonio do Descoberto (GO) em viagem para Aparecida. O grupo fez uma rápida excursão em Campos do Jordão. Na volta do passeio, por volta das 15h30, o motorista perdeu o controle da direção e o ônibus, desgovernado, tombou após bater nas muretas de proteção da pista, no sentido Taubaté. De acordo com testemunhas, chovia muito no local no momento do acidente.

Segundo o motorista, Isaac Correia de Almeida, que estava com a habilitação vencida desde setembro, ele perdeu o controle da direção depois de ouvir um barulho no veículo. A Polícia Rodoviária Estadual investiga a hipótese de o acidente ter sido provocado por problemas mecânicos.

Entre os mortos, estava uma criança de 4 anos, não identificada até a noite de ontem. O corpo da 10.ª vítima foi encontrado debaixo do ônibus, quando o veículo foi desvirado na pista. As vítimas graves foram levadas para o Hospital Regional de Taubaté, onde passavam por exames. Os demais passageiros foram encaminhados para hospitais de Campos do Jordão e de Pindamonhangaba.

Trânsito. A rodovia precisou ser totalmente interditada pela Polícia Rodoviária para o atendimento às vítimas. Bombeiros de Campos do Jordão, Pindamonhangaba, Taubaté e São José dos Campos ajudaram no resgate dos feridos.

 

O trânsito ficou complicado no local por causa do grande volume de carros que voltavam do feriado prolongado e também por causa da chuva que atingiu a região durante todo o dia.

 

As ambulâncias que levaram as vítimas tiveram de trafegar com cuidado na pista. O Hospital Regional de Taubaté não permitiu a entrada da imprensa na noite de ontem.