'A ordem foi do Bruno', afirma a ex de Macarrão

A ex-mulher de Macarrão, Andrea Rodrigues, roubou as atenções na tarde de ontem. Ela apareceu de surpresa e disse aos jornalistas que o ex-companheiro era apenas o "executor" das ordens do goleiro. "Ele me contou que a ordem para matar Eliza partiu de Bruno." Andrea destacou que Macarrão não fazia nada sem o consentimento do amigo e patrão. A mulher foi levada ao Fórum pelo assistente de acusação José Arteiro, na tentativa de incluí-la como uma das testemunhas do julgamento. Ele não obteve sucesso na estratégia, uma vez que não havia mais prazo.

O Estado de S.Paulo

06 Março 2013 | 02h05

Mesmo assim, as afirmações de Andrea causaram alvoroço no Fórum. Ela disse ainda que o ex não gostava de Eliza, mas negou que a modelo tivesse ficado aprisionada em Esmeraldas. /A.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.