Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

63% dos usuários do Bilhete Único são estudantes

Alunos matriculados em escolas ou universidades ganham descontos em todas as tarifas, que saem até por metade do preço

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

21 Novembro 2014 | 03h00

SÃO PAULO - As estatísticas da São Paulo Transporte (SPTrans) revelam que a maioria dos usuários dos cartões temporais do Bilhete Único é de estudantes. São 578.406 pessoas, ou 63,2% do total. Os alunos matriculados em escolas ou universidades ganham descontos em todas as tarifas. Quando não há integração entre os sistemas de ônibus e metrô e trem, a tarifa sai por metade do preço integral. Nas outras situações, sai por cerca de 60% do valor original.

O universitário Bruno Cândido Ribeiro, de 18 anos, mora e estuda em Itaquera, na zona leste, e tem estágio na zona norte. Faz entre cinco e seis viagens de ônibus por dia, todas pagas com o bilhete único mensal. "O preço está bem justo, porque se você vai a cidades do interior paga por viagem R$ 2,90 e sem possibilidade de integração."

Ele pede, no entanto, mais conforto nos transportes de São Paulo. "Cortaram muitas linhas aqui do bairro até o centro no ano passado. Antes tínhamos três e agora só uma linha, que sai lotada." Para Ribeiro, as maiores beneficiadas pelo serviço são as empresas de ônibus, que precisam operar menos linhas, mas com o mesmo número de passageiros.

Mais conteúdo sobre:
Bilhete Único

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.