Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

5,5 milhões de carros circulam nas estradas no feriado da Páscoa

Com alerta para a previsão de chuvas, motoristas devem redobrar atenção; veja os melhores horários para viajar

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

29 Março 2018 | 08h00

SOROCABA - As principais rodovias de acesso ao interior e ao litoral de São Paulo devem receber cerca de 5,5 milhões de veículos durante o feriado prolongado da Semana Santa. O tráfego deve aumentar a partir do meio-dia desta quinta-feira, 29, e seguir intenso até as 22 horas. Na sexta-feira, 30, as estradas continuam cheias até o início da tarde. A Defesa Civil e a Polícia Rodoviária alertam para a previsão de chuvas durante o período, aumentando o risco de acidentes. Nesta quarta-feira, 28, o deslizamento de uma encosta interditou parcialmente a Rodovia Mogi-Bertioga, no km 89. 

+++ Confira 10 ideias de sobremesa para a Páscoa

Somente pelas rodovias estaduais concedidas devem circular 2,4 milhões de veículos, conforme as concessionárias. O número não inclui os trechos do Rodoanel, que juntos recebem 1,3 milhão de carros. Pelas rodovias federais devem passar quase 2 milhões de veículos, segundo as concessionárias. Cerca de 1,1 milhão vão utilizar rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

+++ Saiba quais são os melhores ovos de Páscoa de 2018

Apesar da suspensão das obras, algumas estradas, como a Castelo Branco, D. Pedro I, Presidente Dutra, Fernão Dias e Tamoios podem ter gargalos em razão de intervenções na pista ou acostamentos.

+++ Brasileiro está mais disposto a comprar ovos de Páscoa neste ano, diz pesquisa

Acidente

Na manhã desta quarta, um acidente envolvendo quatro carros e um caminhão carregado com gasolina causou a morte de uma pessoa e deixou outras cinco feridas, na Rodovia Anhanguera, em Ribeirão Preto. Houve vazamento de combustível, e a rodovia foi interditada. A pista só foi liberada quatro horas após o acidente.

Conforme a Polícia Rodoviária, o motorista do caminhão-tanque perdeu o controle do veículo, bateu na mureta e tombou sobre a pista. Os carros não conseguiram evitar a colisão. O passageiro do caminhão foi levado ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Confira os horários de maior movimento nas rodovias

Anchieta-Imigrantes - Operação Descida (7x3) no trecho de serra pelas pistas sul e norte da Anchieta e pista sul da Imigrantes a partir das 15 horas de quinta-feira. Descida em comboio a partir do pedágio em caso de chuva ou nebulosidade. Terceira faixa em operação na Padre Manoel da Nóbrega, entre o Km 274 e o km 292, sentido Praia Grande.

Previsão: até 290 mil veículos 

Pior horário: quinta-feira das 15 horas às 24 horas, sexta-feira das 7 horas às 13 horas

Rodovia dos Tamoios - Faixa adicional no trecho de serra, sentido litoral, do km 68 ao km 81, a partir das 13 horas de quinta-feira, até 17 horas de sexta. Obras entre o km 60,5 e km 64,1, em Paraibuna, com impacto no trânsito. Tráfego de veículos de carga com restrição.

Previsão: 113 mil veículos

Pior horário: quinta-feira das 13 horas às 20 horas, sexta das 6 horas às 14 horas

Ayrton Senna-Carvalho Pinto - Motoristas que seguem para Ubatuba e litoral norte devem usar o prolongamento da Carvalho Pinto, com 8,6 km, para acessar a Rodovia Oswaldo Cruz.

Previsão: até 833 mil veículos

Pior horário: quinta-feira das 15 horas às 19 horas, quinta das 9 horas às 13 horas

Presidente Dutra - Obras do trevo Jacu Pêssego no km 213, em Guarulhos, com reflexo no trânsito. Faixa da direita e acostamento interditados para obras em ponte, no km 36, em Cachoeira Paulista.

Previsão: 590 mil veículos 

Pior horário: quinta-feira das 16 horas às 20 horas, sexta das 7 horas às 13 horas 

Anhanguera-Bandeirantes - Na sexta-feira, das 14 horas às 22 horas, caminhões com destino à capital pela Bandeirantes devem sair obrigatoriamente no km 48, em Jundiaí, para a Anhanguera, retornando no km 23. 

Previsão: 680 mil veículos

Pior horário: quinta-feira das 14 horas às 19 horas, sexta das 9 horas às 14 horas

Castelo Branco-Raposo Tavares - Obras de novas faixas na Castelo, do km 44 ao 45 e do km 50 ao 52, em Araçariguama, restritas ao canteiro central, com redução de área de escape.

Previsão: 510 mil veículos

Pior horário: quinta-feira das 12 horas às 22 horas, sexta das 8 horas às 15 horas

Régis Bittencourt - Velocidade máxima de 60 km/h, controlada por radares na Serra do Cafezal, do km 345 ao 362. Pontos críticos na Serra do Azeite (km 498 ao km 524), em Barra do Turvo. Restrição à passagem de cargas superdimensionadas de sexta a domingo.

Previsão: 580 mil veículos

Pior horário: quinta-feira das 16 horas às 22 horas, sexta das 6 horas às 13 horas

Fernão DiasObras de manutenção do pavimento no km 78, em São Paulo, e km 65, em Mairiporã, com possível interdição de faixas.

Previsão: 800 mil veículos

Pior horário: quinta-feira das 15 horas às 23 horas, sexta de 6 horas às 15 horas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.