Problemas de sinalização geram perigo à estudantes na Vila Mariana

Problemas de sinalização geram perigo à estudantes na Vila Mariana

Colégio Marista Arquidiocesano, na zona sul de SP, está preocupado com a possibilidade de acidentes

Renata Okumura

20 Abril 2017 | 05h00

Yolanda Drumon afirma que o Colégio Marista Arquediocesano, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, enfrenta dificuldade com relação à sinalização nos arredores da escola. A entidade foi procurada por pais e responsáveis de alunos. Ela informa que placas de sinalização foram retiradas e outras ficam escondidas atrás de árvores que não são podadas frequentemente.

(Foto: Leitora)

(Foto: Leitora)

Reclamação de Yolanda Drumon: “Nós do Colégio Marista Arquidiocesano fomos procurados por inúmeros pais de alunos por conta de um problema de sinalização nos arredores. No trecho da Rua Afonso Celso, que contempla do número 846 ao 728, havia várias placas nos postes, sinalizando o período de 15 minutos com pisca alerta para embarque e desembarque de veículos. Porém, desde o ano passado, foram retiradas as placas, o que tem gerado muito problema. Muitos motoristas estacionam sem se dar conta de que há regras de trânsito na quadra, sendo que os carros permanecem o dia todo ou por um período prolongado no mesmo local. Há uma nova placa, insuficiente para a visualização dos motoristas. Solicitamos à Prefeitura de São Paulo a recolocação das placas em lugares visíveis e a poda das árvores. Ainda tratando de sinalização, há também nesta mesma quadra uma placa de limite de velocidade, escondida no meio de uma árvore, localizada no número 773. Pedimos a poda da árvore para evitar acidentes em frente às entidades educacionais pela alta velocidade de alguns veículos que circulam pela região.”

Resposta da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET): “Em atenção à solicitação da leitora Yolanda Drumon, a CET informa que, após vistorias na Rua Afonso Celso, na Vila Mariana, identificou a necessidade de manutenção da sinalização vertical de quatro placas de sinalização. Para melhorar o entendimento dos usuários quantos às regras de estacionamento e velocidade nas imediações do Colégio Marista Arquidiocesano, a CET vai elaborar projetos para recolocação de duas placas de estacionamento, uma de velocidade e outra de advertência. A implantação das melhorias na sinalização será feita de acordo com o cronograma de serviços da CET. Destacamos que esses projetos visam garantir mais segurança e mobilidade para pedestres e veículos, principalmente nos horários de entrada e saída dos alunos da instituição de ensino.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Mais conteúdo sobre:

sinalizaçãoCET