Leitor reclama que rede médica particular cobra valores abusivos

Hospital São Luiz alega que valores são definidos a partir de uma tabela padronizada para instituições de saúde

Renata Okumura

13 Novembro 2017 | 05h00

Philippe Raposo reclama que durante atendimento particular no Hospital São Luiz foram realizadas cobranças abusivas de diversos exames e materiais utilizados. Segundo ele, um cateter que custa no mercado menos de R$ 1, no hospital saiu por mais de R$ 100.

Foto: Pixabay

Reclamação de Philippe Raposo: “Fui atendido no Hospital São Luiz e foram realizadas cobranças diversas de exames, medicamentos e materiais utilizados no atendimento médico. Em particular, o hospital superfaturou na cobrança de alguns itens. Um cateter intravenosos 20 g com dispositivo de segurança que já vi ser vendido no mercado por menos de R$ 1, saiu por mais de R$ 100 no hospital. Essa variação de preços é abusiva.”

Resposta do Hospital São Luiz: “O hospital informa que pratica valores de mercado em seus atendimentos, definidos a partir de uma tabela padronizada para instituições de saúde.”


Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Mais conteúdo sobre:

hospitalPreçosAbusivos