Leitor enfrenta dificuldade para conseguir contratar serviço da Claro

Operadora informa que realizou os ajustes nos valores contestados

Renata Okumura

19 Abril 2017 | 05h00

Em 4 de fevereiro, Hayo Victor Sutton contratou um plano da Claro, mas, devido ao envolvimento da portabilidade, o plano passaria a funcionar em quatro dias. Passado o prazo, o leitor retornou à Claro porque não conseguia usar o celular. Um mês após a contratação, ele somente começou a receber ligações.

Em resposta ao Estado, a Claro informou que o problema foi solucionado.

(Foto: FÁBIO MOTTA/AGÊNCIA ESTADO/AE)

(Foto: FÁBIO MOTTA/AGÊNCIA ESTADO/AE)

Reclamação de Hayo Victor Sutton: “No dia 4 de fevereiro eu contratei, na loja Higienópolis da Claro, o plano “Claro-controle 1 Giga por R$37,99 ao mês com a franquia de R$15,00 em saldo livre. Mas o serviço não funcionou no prazo combinado. Fiz uma série de reclamações e, só à noite, vários protocolos. Um mês da data da contratação, ou seja, dia 3 de março, quase chegamos a um final feliz: o celular passou a receber ligações, mas não completa nenhuma chamada. Ao ligar para a empresa, a gravação informou falta de saldo para completar a ligação”.


Resposta da Claro: “A Claro contatou o sr. Hayo Victor Sutton e, na ocasião, realizou os ajustes nos valores contestados. A operadora continua à disposição por meio de todos os canais de atendimento disponibilizados: SAC 1052, Fale Conosco, Chat, Atendimento por Carta e site”.

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Mais conteúdo sobre:

Clarotelefone