Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Brasil

Brasil » Leitor reclama de cancelamento de linhas de ônibus

Brasil

Leitor reclama de cancelamento de linhas de ônibus

Brasil

ôNIBUS

Leitor reclama de cancelamento de linhas de ônibus

No local, as duas mais utilizadas são a linha 7710-10 e a linha 677A-10

Renata Okumura

19 Março 2017 | 05h00

Marcos César observa que ocorreram mudanças nas linhas de ônibus no Terminal Ana Rosa, na zona sul de São Paulo. Ele é usuário das linhas 7710-10 (Ana Rosa/ Terminal Guarapiranga) e 677A-10 (Ana Rosa/ Jardim Ângela). Porém, disse que não existe mais a linha 7710-10.

Em resposta ao Estado, a SPTrans informa que a linha 7710-10 passou a operar a partir da Estação de Transferência Água Espraiada (Berrini) com a numeração 709A-10, mantendo o destino ao Metrô Ana Rosa.

Terminal de Ônibus Ana Rosa, na zona sul de São Paulo (Google Street View/Reprodução)

Terminal de Ônibus Ana Rosa, na zona sul de São Paulo (Google Street View/Reprodução)

Reclamação de Marcos César: “Ocorreu uma mudança nas linhas dos ônibus no terminal Ana Rosa. No local, as duas mais utilizadas são a linha 7710-10 e a linha 677A-10. Utilizo diariamente estas linhas. No dia 20 de fevereiro de 2017, percebi algo estranho, mas como o ônibus estava no ponto entrei e segui viagem, hoje percebi que a linha 7710-10 não existe mais. Ficou apenas a linha 677A-10, que não tinha nenhum ônibus no ponto. As filas estavam imensas.”

Resposta da SPTrans: “A SPTrans informa que a linha 677A-10 foi seccionada no Parque do Povo (Itaim Bibi) e a linha 7710-10 passou a operar a partir da Estação de Transferência Água Espraiada (Berrini) com a numeração 709A-10, mantendo o destino ao Metrô Ana Rosa. Desse modo, a conexão entre os serviços se dá na Estação de Transferência Água Espraiada, bem com nas paradas do Corredor da Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini, na zona Sul. A empresa esclarece que nenhum ônibus deixou de circular.”

Envie suas reclamações
Mande uma mensagem para o e-mail spreclama@estadao.com ou por WhatsApp para o número (11) 97069-8639. Nossa reportagem vai apurar a denúncia e apresentar a resposta no blog Seus Direitos, um espaço voltado ao cidadão e ao consumidor.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato