Pedale em São Paulo sem lenço e sem documento

Pedale em São Paulo sem lenço e sem documento

Como a bicicleta ajuda você a ficar mais livre

Alex Gomes

24 Dezembro 2015 | 13h19

Todo fim de ano é a mesma coisa: vem aquela sensação de carregar um imenso fardo e o desejo de uma vida mais leve no ano seguinte. É quase um sonho de liberdade: poder estar naquela condição despreocupada cantada pelo Caetano de caminhar contra o vento, sem lenço e sem documento. Talvez a bicicleta possa lhe ajudar a ficar um pouco assim em 2016, livre de pelo menos alguns aborrecimentos. Confere só:

Por um 2016 livre dos engarrafamentos

Muitas pessoas querem ir embora de São Paulo para ter o que chamam de ‘qualidade de vida’. Quando se questiona o que isso siginifica, sempre aparece, dentre as várias respostas, o sonho de se livrar do trânsito. Posso então contar uma coisa? Não precisa sair da metrópole para alcançar a tal ‘qualidade de vida’.

Ao optar pela bike, você pode utilizar desvios e rotas que lhe farão escapar do caos. Pode até ser que, dependendo da situação, você tenha de pedalar mais devagar, porém nunca ficará imóvel em um engarrafamento.

Por um 2016 com saúde pra dar e vender (de verdade)

Aqui surgem os ganhos mais diretos que vêm com a bike. Com os devidos cuidados, pedalar só traz vantagens para a saúde, como a melhora da resistência muscular, a maior eficiência cardíaca e a diminuição da tensão arterial. Isso sem contar os benefícios psicológicos. Ao pedalar no dia-a-dia, os deslocamentos na cidade deixam de ser transtornos para serem ocasiões de diversão, com momentos que são quase uma ‘festa particular’ como quando se topa com uma descida.

IMG_4722

Por um 2016 com dinheiro no bolso

Quando você transforma a bicicleta no principal meio de transporte, seu bolso agradece. De cara você já tem uma boa economia com combustível ou estacionamentos, já que praticamente todos os bicicletários da cidade são gratuitos. E caso o seu uso da bike seja predominantemente urbano, o custo de manutenção será baixo, praticamente uma revisão por ano e eventual troca de pneus.

 

Esses são alguns tipos de liberdade que a bicicleta traz. Que em 2016 você possa aproveitá-los e também descobrir muitas outras formas de pedalar e ser livre.

Feliz 2016.