Ativistas pintam ciclofaixa na Zona Leste

Ativistas pintam ciclofaixa na Zona Leste

O trecho facilita a vida de quem pedala entre a Mooca e o Brás

Alex Gomes

30 Julho 2017 | 10h14

Uma ciclofaixa pintada por ativistas no viaduto Bresser agradou quem pedala pela região. A estrutura, demarcada com tinta e desentupidores (usados na função de balizadores), foi feita na última sexta feira, 28 de julho. Toda a intervenção foi realizada por cerca de 130 pessoas que participavam da Bicicletada – manifestação que parte toda última sexta-feira do mês da Praça do Ciclista na avenida Paulista.

Foto: Paulo Alves / Bike Zona Sul

Já neste sábado, dia seguinte à demarcação, vários ciclistas foram vistos pela ciclofaixa. Marcelo Fernandes, 42, designer gráfico, diz que se sentiu mais seguro com a estrutura: ‘Eu evitava pedalar no viaduto, achava perigoso. Graças à ciclofaixa, hoje foi tranquilo, os motoristas respeitaram. Passei duas vezes e já cruzei com uns quinze ciclistas’.

Outros que ainda não passaram pelo local estão ansiosos para conferir. Renie Robim, 33, professor de espanhol na rede pública municipal, é um deles: ‘Faltava só esse trecho pra ligar a zona leste com o centro. Tem ciclovia nas duas pontas do viaduto e não tem ligação. E é um viaduto super extenso, em que os carros andam muito rápido e não respeitam os limites. Vou usar essa ciclofaixa todos os dias!’

A instalação da ciclofaixa foi uma resposta à morte do policial militar Reinaldo Aparecido da Silva, atingido por um ônibus enquanto pedalava em Itaquera no dia 25 de julho. Segundo os dados da plataforma Infosiga, do Governo do Estado, houve um aumento de 75% nas mortes de ciclistas da capital no primeiro semestre de 2017

A pintura de ciclofaixas por ativistas é comum no exterior e já aconteceu em outras cidades brasileiras como Natal, Aracaju, Recife e Fortaleza. Em 2008, a prefeitura de Curitiba tentou multar ciclistas que pintaram uma faixa para bikes na Rua Augusto Stresser. A prefeitura acabou impedida pela Justiça e foi condenada a pagar os custos processuais dos ciclistas.

_______________________________________________
Confira os outros posts do blog e também nosso perfil no Instagram.