Faap restaura painel de Walter Kershaw

Estadão

24 Junho 2009 | 18h38

FOTO: Divulgação

Por Edison Veiga

Em novembro de 1983, o artista plástico britânico Walter Kershaw deixou sua marca no muro que circunda a sede administrativa da Fundação Armando Alvares Penteado (Faap), em Higienópolis. Ao longo de 18 dias, ele, sua mulher, Hillary, e 26 estudantes da Faap pintaram ali um painel com paisagens e cenas cotidianas do Brasil.

A concepção do mural fez parte da exposição itinerante Painting The Town, promovida pelo British Council. Por aqui, foram 90 murais expostos no Museu de Arte de São Paulo (Masp) – nove assinados por Kershaw. Além, é claro, da performance no muro da Faap.

FOTO: Divulgação

De lá para cá, a obra sofreu os efeitos das intempéries e da sujeira urbana. O processo de restauração, já iniciado, deve se prolongar pelos próximos três meses. As cores serão recuperadas e os resíduos, eliminados.