Esculturas que vêm do lixo

Estadão

04 Junho 2009 | 11h33

A dica foi trazida pelo fotógrafo Tiago Queiroz, com seu olhar atento. Virou reportagem na edição de hoje do Estadão. Uma dupla de artistas plásticos paulistanos, Rodrigo Machado, 36 anos, e Pado, como é conhecido Cleber Padovani, 27 anos, anda fazendo bacanas esculturas com o lixo encontrado nas ruas. Já somam sete obras, em diversos bairros de São Paulo. “É o nosso tapão na orelha da sociedade”, diz Rodrigo, explicando que essa foi a maneira que encontraram para mostrar como as vias públicas estão sujas.

Confira a seguir fotos da última criação da dupla, domingo retrasado, em plena Avenida Paulo VI – prolongamento da Sumaré. Com ventilador, monitor de computador, aspirador de pó, cadeira, ferro de passar, sapato e outras tranqueiras, eles produziram Pé de Lixo.


FOTOS: Tiago Queiroz/AE