As caras do centro de São Paulo

Estadão

24 Maio 2009 | 15h50


FOTO: Hélvio Romero/AE

Por Edison Veiga

São Paulo é uma cidade infinita. E em nenhum lugar ela se manifesta tão plural, tão cosmopolita, tão multifacetada quanto no centro. Ali, onde circula diariamente uma multidão de 2 milhões de pessoas, sobrevivem camelôs e homens-sanduíche, apresentam-se artistas de rua e disputam a atenção pregadores de diferentes vertentes, a metrópole se revela em plenitude, com seus vícios, virtudes e cicatrizes.


FOTO: Antonio Milena/AE


FOTO: Antonio Milena/AE

Fiquei um dia todo desviando dos passos apressados dos transeuntes para ouvir alguns desses personagens. Todos anônimos. Mas – ou talvez por isso mesmo – carregados de boas histórias, contadas com sotaques ímpares e olhares brilhantes. O resultado você confere na edição de hoje do Estadão.


FOTO: Antonio Milena/AE


FOTO: Hélvio Romero/AE