Rio Preto será despoluído com dinheiro de multas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Rio Preto será despoluído com dinheiro de multas

José Tomazela

14 Abril 2014 | 19h02

Um trecho de 14 quilômetros do Rio Preto, à jusante da área urbana de São José do Rio Preto, será despoluído e recuperado com recursos de multas aplicadas pelo Estado por dano ambiental. O projeto, anunciado nesta segunda-feira pelo prefeito Valdomiro Lopes (PSB), receberá recursos de R$ 3,3 milhões da Secretaria de Justiça do Estado.

A execução, prevista para o segundo semestre deste ano, foi dividida em etapas e envolve, na primeira fase, intervenções em áreas de preservação permanente e desassoreamento de pontos críticos do rio. Estão previstas ainda aquisição e instalação de barreiras para retenção de resíduos flutuantes e abertura de acessos para a limpeza e remoção desse material. Na etapa final, serão plantadas dez mil mudas nas nascentes e ao longo dos trechos mais degradados da mata ciliar.


A ação, ao longo de dez meses, ocorrerá no percurso do manancial entre a nascente, em Rio Preto, passando por Ipiguá, até a cachoeira de São Roberto, já em Pontes Gestal. O prefeito vai pedir o apoio das outras 12 cidades que estão no traçado do Rio Preto para que colaborem com ações que visam à preservação do recurso hídrico. Conforme levantamento da prefeitura, a cada dez segundos um tipo de lixo – pneu, garrafa pet, lata e até móvel velho – é lançado no leito do rio.

 

Rio será limpo até a cachoeira de São Roberto