Reserva do Córrego do Veado pode receber turistas em Epitácio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Reserva do Córrego do Veado pode receber turistas em Epitácio

José Tomazela

07 Junho 2013 | 18h12

Uma parceria entre a Associação em Defesa do Rio Paraná, Afluentes e Mata Ciliar (Ong Apoena) e a prefeitura de Presidente Epitácio pode transformar a Reserva Florestal do Córrego do Veado em parque municipal. Além de ampliar a recuperação ambiental da área, atingida pelo enchimento do reservatório da Hidrelétrica Sérgio Mota, no rio Paraná, a medida possibilitará a exploração turística da reserva. A área faz parte das reservas ambientais dos assentamentos Lagoinha e Engenho, em Presidente Epitácio, e Porto Velho e Moraes Netto, em Caiuá, e pertence ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

O órgão deu aval ao projeto de parque, que prevê a manutenção dos 900 hectares como reserva ecológica. Desde 1998, quando a Apoena assumiu a recuperação da mata, foram plantadas cerca de um milhão de mudas de espécies da Mata Atlântica no local. A fauna típica da região, que inclui veado, capivara, tamanduá-bandeira, bugio, papagaio, arara e tucano, pode ser avistada na mata. O rio tornou-se criadouro de peixes e crustáceos. O local tem cenários de grande beleza. A prefeitura condiciona a criação do parque ecológico municipal à obtenção de recursos dos governos estadual, federal e da iniciativa privada para dotar o local de infra-estrutura para visitantes.

Mais conteúdo sobre:

IncraparquePresidente Epitácioveado