Museu de cera ganha novas personagens em Aparecida
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Museu de cera ganha novas personagens em Aparecida

José Tomazela

16 Setembro 2016 | 16h58

O papa emérito Bento XVI e a religiosa Madre Teresa, canonizada no dia 4 deste mês pelo Vaticano, são as novas estátuas expostas à visitação no museu de cera do Santuário Nacional de Aparecida.
As peças foram encomendadas para completar a galeria de personalidades da Igreja Católica que estão à mostra no museu, uma das mais recentes atrações de Aparecida.
Agora, são três papas representados no acervo. Além de Bento, já foram esculpidas em cera as figuras do atual pontífice, o Papa Francisco, e do canonizado João Paulo II.
A estátua de Madre Teresa será colocada na galeria reservada a outros santos da igreja. A confecção da figura foi decidida depois de muitos apelos de pessoas que visitam o museu.
Inaugurado em março deste ano, o Museu de Cera Nossa Senhora Aparecida conta com 70 estátuas, muitas delas compondo cenários que retratam episódios da fé na Virgem, como o encontro da imagem no Rio Paraíba do Sul, em 1717, a pesca milagrosa, a visita de D. Pedro e vários milagres atribuídos a Nossa Senhora Aparecida.
Localizado no estacionamento do santuário, ao lado do Centro de Apoio ao Romeiro, o museu recebe cerca de 20 mil visitantes por mês.
Para visitação, funciona de segunda à sexta-feira, das 9 às 17 horas, aos sábados das 8 às 19, e aos domingos e feriados, das 7 às 18. O ingresso custa R$ 24. Idosos e estudantes pagam meia entrada e crianças de até 11 anos entram de graça.

Papa Bento e Madre Teresa, as novas imagens do museu de Aparecida.

Papa Bento e Madre Teresa, as novas imagens do museu de Aparecida.