Casa de Portinari reabre com obra inédita em Brodowski
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casa de Portinari reabre com obra inédita em Brodowski

José Tomazela

30 Maio 2014 | 14h41

Após quase dois anos fechado para reforma e restauro, o Museu Casa de Portinari reabriu as portas nesta sexta-feira (30), em Brodowski, com uma atração especial: uma pintura inédita, provavelmente do próprio artista, foi descoberta sob 15 camadas de tinta numa das paredes de entrada do prédio.

O afresco exibe o estilo de Portinari, mas a confirmação da autoria depende ainda do trabalho de uma equipe de pesquisadores que se debruçará sobre o achado. A reabertura, que levou à cidade o governador Geraldo Alckmin, marca também a inauguração de uma mostra de longa duração apresentando as novas salas de exposição da obra do artista.

Apresentações culturais acontecem no museu e no roteiro turístico “Caminhos de Portinari” durante o final de semana.

Outras cidades participam da festa pela reabertura do museu, reformado com verba do governo estadual.

Em Piracicaba, até 27 de junho, estará aberta a exposição “Capela da Nona: Fé, Religiosidade e Arte”, no Museu Prudente de Moraes.

Localizada nos jardins da casa, a Capela da Nona foi construída por Cândido Portinari em 1941, especialmente para a avó Pellegrina que, com saúde frágil, não podia se deslocar até a igreja para suas rezas. O espaço foi reproduzido nas dimensões do original,  incluindo as pinturas sacras que o artista fez nas paredes.

A arte do pintor de Brodowski é destaque também numa exposição em Paris. Os painéis “Guerra” e “Paz” estão desde o dia 6 de maio no Grand Palais, um dos espaços artísticos mais nobres da França.

O Museu Casa de Portinari abre de terça-feira a domingo, das 9 às 18 horas, com entrada gratuita.

 

 

Museu Casa de Portinari - Divulgação

Museu Casa de Portinari – Divulgação