Motoqueiro de lata chama freguês em Sapopemba

Vitor Hugo Brandalise

29 Setembro 2011 | 21h02

Toca Raul. Roberto, cover do cantor e cliente da oficina, testou a moto de sucata

Por Márcio Pinho

 Uma motocicleta e um motoqueiro de lata, feitos com restos de sucata de veículos, são os chamarizes de uma oficina mecânica na região do Sapopemba, zona leste de São Paulo. A obra se tornou ponto de atração para quem passa pela Avenida Barreira Grande.

Crianças pedem para subir no veículo improvisado e simulam dirigir, enquanto adultos analisam a obra e chegam a tirar fotos ao lado dela. Segundo Thiago Souza Gato, filho do dono da Carthi Centro Automotivo, a ideia de criar o objeto foi justamente chamar a atenção do público em uma região onde oficinas mecânicas são encontradas em todas as quadras.

Quase a totalidade da motocicleta e do motociclista é constituída de canos e outras peças de escapamento que foram pintadas e adaptadas. O design da moto lembra o de marcas famosas como a Harley-Davidson. Uma bandeira do Brasil dá um toque nacional à criação. E o rosto do motociclista, para adaptar-se bem ao estereótipo, tem barba pintada.

 Um dos visitantes da oficina ontem se adequava bem ao perfil imaginado pelos criadores da obra. O músico Roberto Seixas, que faz cover do cantor Raul Seixas, chegou a sentar na carona da motocicleta. Contudo, diz ser mais adepto das quatro rodas.

Moto e motociclista feitos de sucata por oficina para atrair clientes. Fotos: Márcio Pinho