Sonega

Estadão

08 Abril 2009 | 11h39

No último sábado utilizei algumas rodovias paulistas rumo ao interior. Surpresa minha foi que aquele velho hábito de não entregar o comprovante de pagamento de pedágio continua vigindo. Na Rodovia Ayrton Senna, o operador da cabine até chegou a perguntar, depois que fiz o pedido do tiquete, se realmente eu queria o documento fiscal. Coisa feia. Mas ele não se esqueceu de me perguntar se queria instalar o Sem Parar, dispositivo eletrônico de cobrança de pédágio.