PCC na Bolívia

Estadão

13 Abril 2010 | 20h32

O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, disse em entrevista à imprensa boliviana que o Primeiro Comando da Capital (PCC) atua também na Bolívia. Segundo o periódico La Prensa, Garcia afirmou que  a presença do PCC em território boliviano “é muito ruim” para aquele país. No transcorrer da conversa, o assessor conta que possui informações superficiais sobre o fato, mas “seria de certo modo compreensível (a presença da facção) na medida em que a Bolívia pode ser uma zona de produção (de cocaína). Mas é seguramente uma zona de trânsito, porque também se fala que uma parte das drogas que entra no Brasil é produzida no Peru e passa pela Bolívia”.

Mais conteúdo sobre:

CocaínaPCCCocaínaPCC