Jeitinho na rave

Estadão

28 Maio 2009 | 11h53

Do lado da minha casa há um estacionamento, que no final de semana vira palco de shows e festas raves. A barulheira vara a madrugada, janelas tremem por causa do som alto. Isso no meio da cidade. Ninguém consegue dormir. Destaco que em São Bernardo há uma lei que proíbe festas raves no município. Cansei de ligar para a polícia reclamando. E não é que o local tem um “acerto” com os homens da lei, o que evita qualquer sanção ou coisa que o valha. Ficamos de mãos atadas.