Bola fora

Estadão

15 Maio 2009 | 07h35

Diversas irregularidades encontradas na licitação do Ministério do Esporte para a contratação de consultores para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil levaram o Tribunal de Contas da União (TCU) a suspender a disputa. Auditores do tribunal apontam o alto valor dos salário prometidos a consultores internacionais, que chegariam a R$ 22.879,00 sem os encargos sociais. Também são mencionadas falhas no critério de escolha do vencedor e até um certo cerceamento aos concorrentes. Ah, o salário que é referência de teto para o funcionalismo público brasileiro é de um ministro do STF: R$ 24.000,00.