As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Uma São Paulo sem ninguém

Edison Veiga

20 Dezembro 2011 | 05h06

CIDADE FANTASMA
FOTO: NINA BRUNO/ DIVULGAÇÃO

No ensaio fotográfico de Nina Bruno, não há carro ou pessoa na Avenida Paulista, no Minhocão ou em qualquer rua do centro paulistano. Tudo vazio.

“Tive essa ideia na época da Copa, no ano passado”, conta a fotógrafa e designer, que é mineira de Belo Horizonte, tem 28 anos e se mudou para a capital paulista em janeiro de 2010. “Reparei que durante os jogos da seleção brasileira a cidade ficava supervazia. A primeira foto do ensaio, que mostra a Rua Augusta deserta, é dessa época”, lembra.

De lá para cá, foram dez expedições fotográficas para concluir o trabalho. “Acordava domingo bem cedinho para pegar as ruas vazias”, conta. O resultado são 18 surpreendentes imagens que podem ser vistas neste link.

Mas há um truquezinho, que ela confessou ao Estado. “Nem sempre as imagens eram completamente sem ninguém. Uma ou outra pessoa eu precisei apagar no Photoshop”, admite a fotógrafa, que ainda avalia se vai exibir o material em alguma exposição ou transformar o ensaio em livro.

Publicado originalmente na edição impressa do Estadão, coluna ‘Paulistices’, dia 19 de dezembro de 2011

Tem Twitter? Siga o blog