Para ler no Metrô
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Para ler no Metrô

Projeto divulga ranking dos livros mais lidos no transporte público

Edison Veiga

09 Abril 2015 | 15h04

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


_____________________
Paulistices no Facebook: curta!
E também no Twitter: siga!
_____________________

‘As Crônicas de Gelo e Fogo’, de George R. R. Martin (Editora Leya), ‘Origens da Fundação’, de Isaac Asimov (Aleph), ‘Série Divergente’, de Veronica Roth (Rocco), ‘A Bíblia’ (Velho e Novo Testamento, em edições diversas) e ‘A Festa da Insignificância e Outros’ de Milan Kundera (Companhia das Letras) foram os livros mais lidos no Metrô de São Paulo durante o mês de março. Pelo menos segundo levantamento do projeto Tem Mais Gente Lendo (TMGL), que há dois anos documenta, por meio de fotos postadas nas redes sociais com a hashtag #temmaisgentelendo, usuários do transporte público com livros abertos nos vagões paulistanos.

O TMGL é capitaneado pelos jornalistas Hamilton dos Santos e Sérgio Miguez – este, também livreiro e curador de eventos da Livraria Cultura. “Em meados de 2014, eu deixei um pouco o carro de lado e passei a ir trabalhar de Metrô. Fiquei espantado com a quantidade de gente lendo livros físicos”, comenta Santos. “Era um fenômeno, sem dúvida. Comecei a registrá-lo, o fenômeno, e a postar fotos na minha página no Facebook.” Atualmente, o projeto pode ser acompanhado pelo www.temmaisgentelendo.com e pelo www.facebook.com/temmaisgentelendo.