Velha cara nova
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Velha cara nova

Catavento: restauro de R$ 1,2 milhão

Edison Veiga

20 Março 2017 | 08h02

Foto: Daniel Teixeira/ Estadão

Foto: Daniel Teixeira/ Estadão

Uma das mais visitadas instituições culturais da capital paulista – foram 600 mil pessoas ao longo de 2016 –, o Museu Catavento (Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/n°) comemora 8 anos de fundação “de cara nova”. Ou melhor, com a velha cara de sempre tinindo como se fosse nova. Em janeiro foram concluídas obras de restauro de sua fachada – um trabalho de sete meses, com investimento de R$ 1,2 milhão, verba cedida pelo Fundo de Interesses Difusos (FID) da Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania do Estado.

Foram recuperados cerca de 70 elementos arquitetônicos – entre esculturas, caixilhos de portas e janelas de metal e madeira, relógio e sino da torre, além das coberturas e dos revestimentos das torres.

O Catavento tem mais de 250 instalações interativas de interesse tecnológico, científico e cultural. A última novidade do museu é a sala de realidade virtual Dinos do Brasil – que “leva” o visitante ao território brasileiro na era mesozoica.

Mais conteúdo sobre:

São PauloHistóriaCultura