As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

‘Deficiente Residente’, o documentário

Filme conta história do projeto que integrou deficientes à equipe de atendimento do museu

Edison Veiga

21 Junho 2016 | 17h12

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Entre 2010 e 2015, o Museu do Futebol integrou pessoas com diversos tipos de deficiência à sua equipe de atendimento. Cada residência durou seis meses – e serviu para melhorar a sociabilização, a quebra de barreiras de atitude e de paradigmas no olhar e na mentalidade de todos os envolvidos. O resultado dessa ação, batizada de Deficiente Residente, pode ser conferido em documentário que será lançado nesta quarta (22).

O filme estará no canal do Youtube do museu a partir das 10h desta quarta. Por meio de uma sala virtual aberta no site da instituição no mesmo horário, o público vai poder conversar com a equipe do Núcleo Educativo.

“O projeto dedicou cada ano a um tipo de deficiência: 2010, deficiência visual; 2011, deficiência intelectual; 2012, deficiência auditiva, 2013; deficiência física; 2014, transtorno mentais; e, em 2015, foram retomados todos os temas trabalhados nos anos anteriores”, enumera a assessoria de imprensa da entidade.

É a primeira vez que o Museu do Futebol realiza uma ação de lançamento 100% digital.