Com as cores da ONU
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Com as cores da ONU

OLHA SÓ...

Edison Veiga

23 Junho 2016 | 04h31

Foto: Daniel Teixeira/ Estadão

Foto: Daniel Teixeira/ Estadão

Desde junho de 2014, quando trocou todo o seu sistema de iluminação externa, a Biblioteca Mário de Andrade, a pública mais importante de São Paulo, conta com um sistema que permite que sua fachada receba luzes coloridas. Por decisão da diretoria da instituição, passou-se a usar, sempre que possível, as mesmas cores de campanhas defendidas pela Organização das Nações Unidas (ONU). Assim, a biblioteca já adotou, por exemplo, as cores da bandeira palestina (em agosto de 2014); a cor vermelha, para apoiar o combate à epidemia do Ebola; e também o azul, em alerta ao risco de genocídio de yazidis no Iraque.