Chove poesia no Capão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Chove poesia no Capão

OLHA SÓ...

Edison Veiga

09 Setembro 2016 | 14h37

Foto: Felipe Rau/ Estadão

Foto: Felipe Rau/ Estadão

Neste mês, usuários do Terminal Capão Redondo estão sendo ‘pulverizados’ com poesia. Batizada de Primavera Poética, a iniciativa distribui 4 mil pergaminhos com versos aos frequentadores do local. Há textos de poetas da periferia de São Paulo, mesclados com clássicos da literatura lusófona – Carlos Drummond de Andrade, Fernando Pessoa, José Saramago, entre outros.

A primeira leva foi distribuída nos dias 1º e 2/9. O repeteco está previsto para o fim do mês, nos dias 27 e 28/9, das 16h às 18h. Trata-se de uma ação realizada pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) em parceria com a Fábrica de Cultura Capão Redondo. Integra o programa Arte nos Terminais, que há 19 anos realiza eventos culturais do tipo.