As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Triste dia. Por Daniel

Pablo Pereira

31 Dezembro 2011 | 11h36

Nós tínhamos algumas paixões comuns, das quais falávamos: a vida, filhos, alguns amigos, jornalismo, bola rolando – e Machado de Assis. Dos livros, não falo em respeito a ele. Ele os criava; eu apenas os admiro (como a ele).

Daniel Piza foi enganado pela vida que amava tanto, e se foi.

Difícil entender. Muito difícil.

.

 

 

Mais conteúdo sobre:

amigosDaniel Piza