As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dilma deu “tapa na cara” de movimentos sociais e índios, diz CPT

Pablo Pereira

31 Dezembro 2014 | 11h54

Tudo indica que o tempo vai fechar no interior brasileiro neste 2015. Um indício: nota oficial da Comissão Pastoral da Terra (CPT), distribuída após a confirmação de Kátia Abreu para o Ministério da Agricultura, anunciada pela presidente Dilma Rousseff, diz que a escolha foi “um sonoro tapa na cara” de movimentos sociais e índios. “Faz escuro, mas eu canto”, prega a nota da entidade, citando o poeta Thiago de Mello. E anuncia que esse será o “lema de nosso IV Congresso, que vai se realizar em Porto Velho (RO) em julho”. Ou seja, já no primeiro semestre a tensão deve subir nos campos e florestas.

 

Mais conteúdo sobre:

CPTDilmaíndiosCPTDilmaíndios