Vizinhança reclama de invasão em terreno do Governo do Estado na zona norte
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vizinhança reclama de invasão em terreno do Governo do Estado na zona norte

Marcel Naves

13 Setembro 2016 | 16h18

Faixa colocada na Entrada de terreno invadido,que é feita pela Rua Orlando Dantas.

Faixa colocada na entrada de terreno invadido, que é feita pela Rua Orlando Dantas

Cerca de 300 famílias iniciaram na última sexta feira a ocupação de uma área pertencente ao governo do Estado de São Paulo. O terreno com aproximadamente 15 mil m² está localizado na Rua Cristóvão Lins, Vila Isolina Mazzei, zona norte da cidade.

O espaço ocupado se encontra abandonado há pelo menos dois anos. Mas em outro local estão situadas as Escolas Estaduais Gonçalves Dias, Pedro Geraldo Costa e a UBS – Vila Isolina Mazzei. Os moradores do entorno se dizem receosos.

Um representante de vendas, que mora a poucos metros da invasão, afirma que se sente constrangido. “A gente não sabe quem está ali e a qualquer hora, até mesmo de madrugada, tem alguém tocando a campainha para pedir alguma coisa”, afirma.

Abrigos improvisados com lonas começam a ser montados para demarcar local.

Abrigos improvisados com lonas começam a ser montados para demarcar local.

A invasão que conta com a participação de homens, mulheres e crianças, é organizada pelo Movimento Cidadania da Zona Norte. Kleber D’Angelo um dos responsáveis, afirma que não haverá desocupação enquanto as reivindicações não forem atendidas. “A gente só sai daqui quando houver um sinal que o nosso problema poderá ser resolvido”, diz o coordenador.

O representante do MCZN explica que as famílias que chegam ao terreno já foram previamente cadastradas. Os espaços para montar as barracas já foram marcados e uma cozinha comunitária foi provisoriamente montada, no centro do acampamento.

Em um comunicado a Secretaria Estadual de Educação informa que o terreno invadido pertence a E. E. Gonçalves Dias. O órgão ressalta ainda que todas as medidas cabíveis para que haja a reintegração de posse já foram tomadas

Leia abaixo a íntegra da nota enviada pela Secretaria de Educação:

 “A Secretaria de Educação do Estado esclarece que o terreno localizado na rua Nilo Luiz Mazzei s/n pertencente à EE Gonçalves Dias. A Diretoria de Ensino acompanha a ocupação que teve início no dia   10 de setembro por um grupo de aproximadamente, 400 pessoas. Foi registrado boletim de ocorrência e todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas para que haja reintegração de posse”.

Ouça aqui a reportagem