Obras causam transtornos a comerciantes do ABC
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Obras causam transtornos a comerciantes do ABC

Marcel Naves

27 Junho 2016 | 19h09

Obras no largo da Igreja São João Batista e da Praça da Capela em São Bernado do Campo

Obras no largo da Igreja São João Batista e da Praça da Capela em São Bernado do Campo

As reformas de melhoria da Praça João Batista, em São Bernardo do Campo, parecem não ter fim. A situação, segundo comerciantes, já dura mais de um ano. As vias do entorno estão sendo recapeadas, o calçamento trocado e as coberturas refeitas. Por se tratar de uma região basicamente comercial a situação provoca imenso transtorno para os lojistas e frequentadores.

Adegilson Martins dos Santos reside que em Santo André e passa diariamente pelo local. Ele não nega a esperança de que tudo ficará mais bonito mas lamenta a demora para conclusão do novo projeto. Entre os principais problemas apontados por ele está a utilização das calçadas. ¨Já faz tempo que a situação não muda e quando a gente tem de utilizar a calçada é obrigado a ir para a rua”, afirma.

Os taxistas que possuem ponto na região também estão insatisfeitos. Em decorrência das obras, o trânsito tem sido caótico, provocando grande confusão e inúmeras discussões. A transferência de local proposta pela prefeitura também não agrada, uma vez que, de acordo com os motoristas, o novo local para onde estão sendo transferidos tem capacidade apenas para 8 vagas das 20 já existentes. Há  queixas ainda de que não há um abrigo que possa  garantir maior conforto e segurança aos clientes.

Os lojistas por sua vez se dizem prejudicados com o transtorno provocado pelo trabalho constante de tratores e caminhões. Para eles, a movimentação e os intensos congestionamentos têm provocado uma diminuição no número de clientes. De acordo com depoimentos a situação piora ainda mais em virtude do barulho e poeira provocada  causada pelas máquinas.

Para  os fiéis da Paróquia São João Batista, a principal alegação é que antes a região que está sendo modificada servia como estacionamento, o que agora não é mais possível. A alternativa encontrada foi utilizar ruas e avenidas próximas.

Abaixo segue nota da Prefeitura de São Bernardo do Campo:

“A Prefeitura de São Bernardo do Campo, por meio do Departamento de Parques e Jardins, informa que a obra de revitalização do Largo do Rudge tem previsão de término para primeira quinzena de julho. Cabe ressaltar que trata-se de intervenção em local com grande circulação de pedestres, veículos, e conta com interferências com o entorno (comércio, igreja, escola e demais usos), e também existem interfaces com empresas concessionárias (Eletropaulo e Sabesp), onde não temos governabilidade sobre suas programações e que muitas vezes não nos atenderam dentro da nossa necessidade imediata.

Outra interferência registrada foi em relação a base da Policia Militar, pois em função das tratativas e considerações por parte da PM, só agora, esta semana, será possível iniciar a demolição.

Considerando todos estes aspectos a revitalização do Largo da Igreja São João Batista e da Praça da Capela esta 90% concluída”.

Ouça aqui a reportagem