Moradores do Sacomã sofrem com constantes assaltos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Moradores do Sacomã sofrem com constantes assaltos

Marcel Naves

01 Setembro 2016 | 19h04

Insegurança leva moradores do Sacomã, an zona sul, a a utilizarem camêras de segurança.

Os constantes assaltos na região do Sacomã,  levam os moradores cada vez mais ao emprego de câmeras de segurança.

Os sucessivos roubos ocorridos no bairro Vila Velha, pertencente ao distrito do Sacomã, na zona sul da capital paulista estão deixando os moradores desesperados. O problema é mais frequente aos finais de semana, quando a quantidade de festas realizadas nos condomínios da região aumenta.  Os carros que acabam estacionados são os principais alvos dos bandidos, depois os pedestres.

A dona de casa, Darlim Paula Marques reside em um edifício, na Rua Santo Albano, e alega que não sabe o que fazer. Ela afirma que tem receio  de caminhar na região.  “Eu tenho medo de levar meu filho à escola, sempre procuro carregar pouca coisa, e ás vezes chego à andar  na rua só com a chave de casa”, afirma.

Os relatos colhidos por nossa reportagem revelam que os criminosos priorizam as mulheres como vítimas, em especial as que estejam com crianças. Em geral à abordagem ocorre no momento do embarque, quase sempre após as confraternizações. Quanto aos carros, uma vez estacionados quase sempre acabam com vidros quebrados, e  lataria danificada. Há o caso de veículos que são deixados em cima de tijolos, após terem as rodas roubadas.

Os moradores reivindicam maior patrulhamento na área, o que segundo eles não acontece com a frequência necessária. Por enquanto, a única solução encontrada por alguns síndicos foi a contratação de empresas de vigilância. A região da Rua Santo Albano, onde é relatada a maior incidência de roubos e assaltos, fica há poucos metros da delegacia do Sacomã.

Procurada a Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo não se manifestou.

Ouça aqui a reportagem: