Monumentos em São Paulo mais uma vez se tornam alvos de vandalismo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Monumentos em São Paulo mais uma vez se tornam alvos de vandalismo

Marcel Naves

30 Setembro 2016 | 19h19

Parte do monumento às Bandeiras, com tinta vermelha.

Parte frontal do monumetno às Bandeiras , no Ibirapuera, atingida por tinta vermelha

Pela segunda vez em menos de um mês o Monumento Às Bandeiras, de Victor Brecheret, foi pichado. No último dia 12, a frase “Fora, Temer” foi escrita com spray preto após uma manifestação que começou na Avenida Paulista. Nesta sexta-feira, tintas com as cores rosa, verde e amarelo tomaram grande parte de um dos lados da escultura.


Borba Gato

As mesmas cores utilizadas na pichação do monumento às Bandeiras também foram utilizadas para danificar a estátua de Borba Gato 

A estátua do Borga Gato, em Santo Amaro, foi o outro alvo dos vândalos, que utilizaram as mesmas cores. O antigo colégio Caetano de Campos, que hoje abriga a Secretaria Estadual da Educação, também teve uma das laterais danificadas. Neste caso, a frase “Fora, Temer”, com tinta vermelha, acabou atingindo a parede e parte das janelas.

Educação

Frase “Fora, Temer” começa a ser apagada de parede do antigo colégio Caetano de Campos, que abriga a Secretaria da Educação

Nadia Somek, diretora do Departamento do Patrimônio Histórico de São Paulo, rebate as críticas de que o problema seja a falta de policiamento. Para ela, tudo se deve à ausência de sensibilidade para com a história da cidade. “Eu  não acho que seja uma questão de falta de policiamento, eu entendo que seja apenas falta de sensibilidade da população para com a história de sua cidade”, afirma.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo disse que a administração pública foi surpreendida com o vandalismo. A Secretaria de Educação do Estado informou que a pichação já começou a ser apagada, mas não deu prazo para a conclusão dos serviços. Em outro comunicado, a Secretaria da Segurança Pública afirmou que os casos serão investigados.